Flacidez e rugas aumentam com banho muito quente: especialista explica o motivo

Publicado em 03-11-2019 às 20:11.

Veja mais em Blog

 

Às vezes, tudo o que a gente precisa é de um banho quente para dar uma relaxada. Mas é melhor não exagerar neste hábito: sua pele agradece.

Ressecamento, flacidez e até rugas na pele podem ser consequências de seus banhos com água "pelando". Mas por que isso acontece?

 

Perigo do banho quente

 

Como explica a farmacêutica Mika Yamaguchi, o banho com a água muito quente faz com que a pele perca água e lipídios. Como consequência, a derme fica desidratada e ainda perde a sua barreira de proteção.

 

 

Segundo a especialista, ficar mais de 15 minutos debaixo de um chuveiro quente já é suficiente para comprometer a camada da pele que segura a hidratação.

 

Banho quente: consequências

A desidratação causada pela alta temperatura da água faz com que a pele fique opaca, flácida e quebradiça. De acordo com a dermatologista Paola Queiroz Vaz, podem aparecer até mesmo "falsas rugas" em decorrência do ressecamento causado pelos banhos quentes.

 

Cuidado básico com a pele

 

Mesmo usando um caminhão de produtos cosméticos, seus banhos superquentes podem estar sabotando sua pele. Para evitar os danos caudados pela alta temperatura da água, basta se acostumar a uma temperatura mais amena e reduzir o tempo debaixo do chuveiro. O meio-ambiente também agradece.

Outras postagens


Homens com barba têm mais germes que cachorros, aponta estudo


02-11-2019 às 19:29.


É comum gostar de pessoas parecidas com o ex, afirma estudo


03-11-2019 às 20:35.


20 alimentos que se pode comer depois do vencimento


02-11-2019 às 12:29.


Cientistas fazem descoberta marcante de moléculas anticâncer derivadas de esponjas do mar


29-06-2019 às 20:24.


Óculos de sol piratas expõem córnea ao risco de queimadura


04-11-2019 às 23:38.


Passar tempo no parque faz bem para a saúde mental


29-06-2019 às 20:25.


WhatsApp faz bem à saúde, revela estudo


29-06-2019 às 20:27.


Dicas para amenizar o inchaço e a dor do terçol


05-11-2019 às 11:05.